Brasil volta a crescer politica eua usa morar nos eua

Brasil, voltar a crescer? Sim podemos

ArabicChinese (Simplified)Chinese (Traditional)EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Brasil, voltar a crescer? Sim podemos

 

Publicado em 23 de Abril de 2016 “Revista Brasilianas”

Por Carlo Barbieri

 

 

Visto eb5 Carlo barbieri Oxford Usa investor visa eb5 Brasil EUA USA para

Brasil, voltar a crescer? Sim podemos – anos temos consumido nossos créditos junto à comunidade internacional, em especial junto a países desenvolvidos, investidores internacionais e empreendedores.

 

Como era de se esperar e foi cantado em prosa e verso, o estoque de credibilidade esgotou-se.

 

As agências reguladoras brasileiras foram loteadas politicamente, a administração pública é feita como uma grande Petrobrás, onde o critério técnico é substituído por benefícios não convencionais.

 

As licitações ganhas foram canceladas e as empresas tiveram de refazer os contratos de acordo com as doações a serem dadas ao partido que ocupam o Palácio do Planalto, atualmente.

 

Em consequência foram minguando os investimentos externos, ficando apenas os especuladores de plantão à mercê de “galinhas mortas” ou taxas de juros estratosféricas.

 

Aqui na Flórida, podemos citar a Florida Chamber of Commerce que reúne as mais de 450 Câmaras de Comércio do Estado. A divisão criada para tratar dos investimentos no maior parceiro comercial do Estado, o Brasil, deixou de funcionar por falta de interessados!

 

Infelizmente não temos mais capital próprio para isto e os recursos externos se encolheram.

 

O Brasil pode voltar a crescer, sim. Basta voltar a ter credibilidade. Simples assim

 

Para voltarmos a deter e acumular esta desejável credibilidade, ou melhor, recuperá-la, teremos que fazer um esforço hercúleo.

 

Os investidores precisam primeiramente ter segurança de que as regras são para valer, tanto com relação a investimentos, quanto em relação a compromissos assumidos.

 

Os investidores precisam sentir que os tribunais estão ativos, que não são manipulados pelo governo e que suas decisões seguirão a lei e a constituição e não a vontade do Palácio. Pelo fato, divulgado em gravação paralela,  que a presidente da república possui a seu favor cinco ministros na Suprema Corte, é um exemplo claro da quebra de confiança.

 

Os investidores têm que entender que os investimentos são feitos e obterão os contratos por capacidade técnica e probidade e não por terem um “acordo” com os atuais donos do poder.

 

Os investidores irão depositar confiança e voltar a injetar capital no Brasil em tendo as propostas do Ministério Publico aprovadas no Congresso e sancionadas pelo executivo.

 

Os investidores precisam ver um bem elaborado plano de recuperação econômica e de investimentos de longo prazo.

 

Os investidores precisam ver o túnel novamente e não apenas a luz ao final (segundo Jo Soares não se vê mais a luz porque não há mais túnel!).

 

Se temos que aumentar de 5% a 7% nossa taxa de investimento para voltar a crescer, precisamos do investimento internacional e ele está disponível e ávido de ser utilizado no Brasil, só precisa readquirir a confiança.

 

A sucessiva queda do dólar, frente ao real em cada soluço de possibilidade de que o impeachment seja aprovado, mostra como será relativamente fácil recuperar a confiança dos investidores, inclusive os internos.

 

Os bancos, indústrias e investidores estão desejosos de ajudar o Brasil a sair desta situação. Precisamos apenas que sintam que há um governo no Brasil e que as regras serão perenes. Hoje a impressão que se tem é que o Brasil está sem timoneiro desde as eleições de 2014.

 

O mundo está transbordante de tecnologia, recursos e empreendedores. Basta deixá-los irem ao Brasil, com confiança, ou deixar os empreendedores brasileiros trabalhar ao invés de estimulá-los a mudarem para a Flórida.

#BrasilCrescer #BrasilvoltaACrescer #BrasilEconomia #economiaBrasileira #Ministerio #Tecnologia #Crescer #Brasil #Economia #Confiança #Investidores #InvestirnoBrasil

Leave a comment