English Version Below

Matéria publicada originalmente no Tech News Paraná

A proximidade política e econômica entre Brasil e Estados Unidos levantou os ânimos de empresários brasileiros que desejam entrar no mercado norte-americano.
Pensando nesse fluxo de internacionalização, a Câmara de Internacionalização da Associação Comercial e Indústria de Cascavel (Acic) promoveu um evento gratuito sobre o assunto, no dia 11 de setembro, a partir das 18h00, na sede da Acic. Já no dia 13 de setembro, de 8h00 às 12h00, a palestra ocorreu em Curitiba, no Edifício HUB Business, no auditório, 4º andar.
Liderando o seminário, o economista e consultor há mais de 30 anos, Carlo Barbieri, foi diretamente dos Estados Unidos. O expert esclareceu as dúvidas de quem queria manter uma empresa em território americano, ou até mesmo mudar de vida, investir, morar e levar os filhos para estudar nos EUA.
Barbieri é CEO do Grupo Oxford, a maior consultoria brasileira nos EUA, e afirmou ter recebido cada vez mais casos de figuras brasileiras que queriam dar o sonhado passo para o exterior. “O cenário americano é auspicioso para receber empresas de outros países. Brasileiros empresários dos mais diferentes segmentos encontram uma economia estável e atraente para novos investimentos. Quando o assunto é globalizar, os EUA são país desejo para quem deseja criar raízes em negócios no exterior”, explicou o economista.
O número de brasileiros que decidem viver no exterior segue uma crescente exponencial nos últimos anos. Em 2017, pelo menos 21.701 saídas definitivas foram registradas — um aumento de 165%. Já em 2018, foram 22.538. Somente para os Estados Unidos, no ano passado, o Brasil foi o país americano que mais contabilizou emissões do visto EB-5, visto específico para investir e morar nos EUA. Foram mais de 300 greencards concedidos a brasileiros que querem investir e viver nos Estados Unidos. O aumento foi de 37,5% em relação a 2017 e de 1.041,2% em comparação a 2015.
Para garantir uma entrada segura no cenário americano, entre os assuntos que foram pauta no seminário estiveram planejamento estratégico, compra de imóveis, blindagem patrimonial, vistos de imigração, suporte para adaptação pessoal e familiar.
As inscrições foram gratuitas e deviam ser feitas antecipadamente por meio do telefone (45) 9 8405-0371.
Conversa com Carlo Barbieri


Curitiba and Cascavel hosted events on internationalization of companies

Article originally published at Tech News Paraná

The political and economic proximity between Brazil and the United States has raised the spirits of Brazilian businessmen who wish to enter the US market.
Thinking about this internationalization flow, the Chamber of Internationalization of the Cascavel Trade and Industry Association (Acic) promoted a free event on the subject, on September 11, from 18h00, at Acic headquarters. Already on September 13, from 8h00 to 12h00, the lecture took place in Curitiba, in the HUB Business Building, in the auditorium, 4th floor.
Leading the seminar, economist and consultant for over 30 years, Carlo Barbieri, went there directly from the United States. The expert clarified doubts about who wanted to keep a company in the US, or even change their lives, invest, live and take their children to study in the US.
Barbieri is CEO of the Oxford Group, the largest Brazilian consulting firm in the US, and said he has received more and more cases from Brazilian figures who wanted to take the dreamed step abroad. “The American scenario is auspicious to receive companies from other countries. Brazilian businessmen from different segments find a stable and attractive economy for new investments. When it comes to globalization, the US is a country of desire for those who want to take root in business abroad, ”explained the economist.
The number of Brazilians who decide to live abroad has been growing exponentially in recent years. In 2017, at least 21,701 outright departures were recorded – an increase of 165%. Already in 2018, there were 22,538. For the United States alone, last year, Brazil was the US country that most accounted for EB-5 visa emissions, a specific visa for investing and living in the US. More than 300 greencards were granted to Brazilians who want to invest and live in the United States. The increase was 37.5% compared to 2017 and 1,041.2% compared to 2015.
To ensure a safe entry into the US scene, the topics on the seminar included strategic planning, real estate buying, property shielding, immigration visas, support for personal and family adjustment.
Registration was free and had to be made in advance by calling (45) 9 8405-0371.
Conversation with Carlo Barbieri

ÚLTIMOS ARTIGOS

Social Responsibility

Coquetel da Independência na Central Flórida Brazilian American Chamber of Commerce, uma nova Câmara após o mandato do Heraldo muito bem sucedido por Miguel Kaled, com o excelente marketing(...)

face linkedin twitter whatsapp

Abertura de impeachment contra Trump afetará relações Brasil-EUA?

English Version Below O processo de impeachment de Donald Trump não impactará relações com o Brasil, mas China pode tirar proveito da situação para enfraquecer republicano, disse à Sputnik(...)

face linkedin twitter whatsapp

Expo Florida 2019 – Um Grande Sucesso da Brasilidade

O Centro Comunitário Brasileiro organizou um grande evento de brasilidade no Broward County Convention Center em Fort Lauderdale. Foi o maior evento já realizado sobre produtos e serviços brasileiros(...)

face linkedin twitter whatsapp
ArabicChinese (Simplified)Chinese (Traditional)EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish