CARLOBARBIERI-1

 

 

 

 

 

 

Artigo Publicado na Comex do Brasil

Em 22/08/17 por Carlo Barbieri

Conceitualmente, empreendedorismo é a disposição de uma pessoa desenvolver seu negócio.

Muitos que escrevem sobre o tema comparam o empreendedor com o pintor e uma tela em branco, que antecede sua criação.

Richard Branson destaca o que ele chama de 5 “segredos” para o sucesso do empreendedorismo:

Estas regras valem para empreendedores em qualquer parte do mundo, incluindo o Brasil e os EUA.

Adriane Pompo destaca que o empreendedor não “nasce” empreendedor e analisa as suas motivações.

Destacamos e todos concordam que o ambiente, as facilidades e dificuldades aumentam ou diminuem as chances de sucesso dos novos empreendimentos. Se, por um lado, a garra e a pertinácia dos empreendedores são fundamentais para o êxito, da mesma forma o pessimismo contribui para o ônus do insucesso. O legítimo empreendedor não se abate facilmente.

Nos EUA há uma cultura favorável ao empreendedor.

Viceja toda uma gama de incentivos para que a pessoa se arrisque em novos negócios, entre eles:

Em consequência, na maioria dos Estados não há, obrigatoriamente, o pagamento de 13º, aviso prévio, auxilio paternidade, férias remuneradas, adicional noturno, etc. Na prática, tudo existe, devido a acordo facultativo entre empregadores e empregados, pois interessa ao patrão manter um bom trabalhador e ao empregado ficar numa empresa que lhe valoriza.

É a meritocracia no dia a dia da empresa

E, o mais importante, o empreendedor é uma pessoa admirada, o vencedor é um herói social, o que ganha dinheiro é bem-vindo e parabenizado em todas as esferas sociais.

Sempre cito que nas reuniões que tive com o Governador Rick Scott ele fez as mesmas duas perguntas:

Ele sabe que isto é o que melhora a distribuição da renda, gera mais recursos para o Estado e aumenta, em termos reais, os salários.

No Brasil, levamos meses para abrir uma empresa e somos subjugados por uma legislação que poderíamos chamar de “injustiça” trabalhista.

Em termos gerais, voltando aos aspectos comuns, vale dizer que se quisermos um Brasil empreendedor, gerador de empregos e riquezas, há muito a ser mudado na legislação, nas regras e na cultura.

ÚLTIMOS ARTIGOS

Economia Americana como aliada – Correio Braziliense

Artigo publicado originalmente no jornal Correio Braziliense. English version below: Economia como Aliada: “Trump mostrou-se uma pessoa tenaz em sua luta, mas que não gozava de grande simpatia dentro(...)

face linkedin twitter whatsapp

Jovem Pan entrevista presidente do Oxford Group sobre eleições americanas.

Unfortunately the interview is only available in Portuguese. Thank you for you comprehension. No dia 19 de junho a Jovem Pan ao vivo entrevistou o advogado e economista Carlo(...)

face linkedin twitter whatsapp

Visão Conservadora Sobre Como Administrar a Burocracia do Estado

Matéria publicada originalmente no jornal Boca Raton Tribune English version below! Quando o primeiro ano de mandato do presidente Donald Trump estava chegando ao fim, final de 2017, ficou(...)

face linkedin twitter whatsapp
ArabicChinese (Simplified)Chinese (Traditional)EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish