Visto H-1B

O visto americano  H1B é um visto de não-imigrantes, que permite que uma empresa dos EUA empregue um indivíduo estrangeiro por até seis anos. Aplicar para um visto de não-imigração é geralmente mais rápido do que aplicar para o Green Card, equipes necessárias  para atribuições de longo prazo nos EUA são frequentemente trazidas inicialmente atraves de um visto de não-imigrante, tais como o visto H1B.

 

Indivíduos não podem auto aplicar-se para um visto H1B, que lhes permitam trabalhar nos EUA. O empregador e que deve fazer a petição para a entrada do empregado, e os vistos  H1B estão sujeitos a limites numericos anuais.

 

Empregadores dos EUA podem começar a aplicar para o visto H-1B seis meses antes da data de início real do visto. Sendo o início do ano fiscal de, por exemplo, de 2009 é 01 de outubro de 2008, os empregadores podem aplicar desde 01 de abril de 2008 para o ano fiscal de 2009, mas o beneficiário não pode começar a trabalhar até 01 de outubro.

 

O visto H1B é projetado para ser usado para pessoas com  “ocupações especiais”, isto é, aquelas ocupações que requerem um alto grau de conhecimento especializado. Geralmente, pelo menos, o equivalente a  4 anos de Bacharel nos EUA é necessário (esta exigência pode geralmente ser cumprida tendo um diploma de bacharel de 3 anos e 3 anos de experiência de pós-graduação relevante). Entretanto, os profissionais, como advogados, médicos, contadores e outros devem ser licenciados para a prática no estado do emprego pretendido – por exemplo, um advogado geralmente deve ter passado o exame da ordem do Estado.

 

Não-graduados podem ser empregadas em um visto H1B onde podem  comprovem “equivalente de pós-graduação” em virtude da experiência de doze ou mais anos na ocupação. Posições que não são “ocupações especiais”, ou para os candidatos que não possuam a qualificação / experiência para um visto H1B, pode ser preenchido com um visto H-2B

 

A nova legislação H1B requer que certos empregadores de H1B, chamados  “H1B empregadores dependente” facam propaganda solicitando empregados para as posições nos EUA antes de peticionar a empregar trabalhadores H1B para essas posições. Empregadores H1B dependentes são definidos como aqueles que têm mais de 15% de seus funcionários no estado H1B (para empresas com mais de 50 empregados – as pequenas empresas são permitidos um maior percentual de H1B empregados antes de se tornar “dependente”). Além disso, agora, todas as novas petições para visto H1B e as primeiras extensões do visto H1B devem pagar uma taxa ( além das taxas usuais de arquivamento) de  US $ 1.000 a ser paga, a qual será usada para financiar um programa de treinamento para trabalhadores residentes dos EUA.

 

O visto inicial pode ser concedido por até três anos. Nesse caso, pode ser prorrogado, em primeira instância, por até mais dois anos, e eventualmente por mais um ano, até um máximo de seis anos. Aqueles que desejam permanecer nos EUA por mais de seis anos pode, enquanto ainda estiverem  nos EUA com um visto H1B, aplicar para residência permanente (o “green card”): se tais empregados nao receberem residência permanente, quando o período de seis anos se esgotar, eles deverao viver fora dos EUA por, pelo menos, um ano antes de um pedido ser feito para eles entrarem em um visto H ou um visto L.

 

Uma vez que uma empresa trouxe um empregado para os EUA com um visto H1B, se a sociedade demitir o empregado antes do termo do visto, a empresa é responsável por quaisquer custos de transporte que o empregado incorrer  para viajar de volta para seu / sua última residência estrangeira . Esta disposição abrange apenas a demissão, não é relevante quando um empregado decide renunciar.