A classe média brasileira, principalmente a formada por técnicos, engenheiros, cientistas, de profissionais liberais como advogados, economistas médicos, dentistas, professores entre outros, formam um novo grupo que busca imigrar para os EUA.

A luta por melhor oportunidade de educação para os filhos e para que eles tenham mais oportunidades de um futuro profissional, aliada a insegurança pública e jurídica, tem levado as melhores cabeças pensantes do país a buscarem uma oportunidade de mudarem-se para os EUA.
A classe média aposentada está levando seu capital disponível e a renda para Portugal onde não tem impostos a pagar por 10 anos e não precisa se digladiar com outro idioma.
Mas, os mais preparados intelectualmente, confiam mais na educação americana e, por ser um regime meritocrático por natureza, vêem nos EUA o melhor para os filhos.
Já tivemos aqui várias “ondas imigratórias. Numa, vieram para cá brasileiros para fugir da miséria e falta de oportunidades no Brasil. Outras, mais recentemente, tivemos a fuga de quem tinha alto capital disponível e queria a certeza da segurança contra os riscos do Brasil virar uma Venezuela, como se prognosticava com o Governo da “Sra Dilma Clinton”.
Vieram também os que ganharam muito com os governos socialistas dos últimos 16 anos, mas acharam que a torneira estava se fechando e trataram de vir para os EUA ver se tinham uma outra chance de engajarem os brasileiros que para cá estavam se deslocando.

Com esta nova “onda” o Brasil que já “deportou” mais de 600 bilhões de dólares de capital está se arriscando a perder um percentual significativo de sua “inteligência”. Esta tendência tem se agravado pela pior das inseguranças que é a jurídica.
Os brasileiros esperavam uma retomada do crescimento econômico, da qualidade de ensino e novas oportunidades de trabalho, após as últimas eleições.
Para tanto, confiavam que haveria uma retomada da moralidade pública. A corrupção havia, pelos menores números, mandado para o ralo (bolso dos corruptos) mais de R$ 1 trilhão de reais fruto do trabalho dos brasileiros, fora suas consequências funestas.

Na falta destes recursos, não há água de qualidade nas áreas menos desenvolvidas, comida para a população carente, ensino adequado moderno e justa oportunidade de emprego.
Agora, a mais alta corte do Brasil confirmou que a impunidade seguirá existindo para os corruptos que tem dinheiro para pagar bons advogados e ter uma relação com parentes dos ministros que, abrigadas em escritórios em Brasília, repassam gordas quantias aos maridos como “mesadas” ou doações.
A luta contra a violência no Brasil tem dado resultado, mais pelo apoio dos homens públicos, idealistas como o Ministro Sérgio Mouro e governadores que se sentem amparados na luta contra o crime que ocorria nos governos anteriores quando o policial era sempre o punido na luta contra o bandido.

A lei, no entanto, segue ajudando aos bandidos e o Congresso se nega a modificá-las.
Ainda vemos absurdos do marido que defendeu a mulher e filhos contra marginais que invadiram sua casa, pela segunda vez, na mesma noite, ficar preso e o bandido ser solto para retornar a assaltar a mesma casa pela terceira vez, ainda na mesma noite.
Nos EUA, o crime tem sofrido derrotas consecutivas. Em dois anos os crimes violentos caíram 4,6%. Os roubos caíram para 50.000 neste período e as invasões de domicílio com finalidade de furto foram reduzidos para 286.000.

A descrença leva a “inteligência” a buscar lugar seguro e adequado para poder aplicar o que sabe e não limitar o futuro de sua prole.
Bom para os EUA que ganha valores financeiros e intelectuais, mau para o Brasil que segue o exemplo da Venezuela que perdeu toda a capacidade de recuperação econômica e de prover bem-estar a sua população.


The Brazilian Immigration
The Brazilian middle class, especially those formed by technicians, engineers, scientists, professionals such as lawyers, medical economists, dentists, teachers and others, form a new group that seeks to immigrate to the United States.

The struggle for the best educational opportunity for their children and for them to have more opportunities for a professional future, combined with public and legal insecurity, has led the country’s best thinking heads to seek an opportunity to move to the USA.
The retired middle class is taking their available capital and income to Portugal where they have no taxes to pay for 10 years and do not have to dig into another language.
But the most intellectually prepared, they rely more on American education and, being a meritocratic regime by nature, see the United States as the best option for their children.
We have had several immigration trends here. In one, Brazilians came here to escape the misery and lack of opportunities in Brazil. In others, more recently, we observed the escape of those who had high available capital and wanted the certainty of the security against the risks of Brazil becoming a Venezuela, as was predicted with the Government of “Mrs. Dilma Clinton”.
Also, those who have gained a lot from the socialist governments of the past 16 years also came over, but they thought the tap was closing and they tried to come to the US to see if they had another chance to engage in the Brazilians who were moving here.

With this new “trend” Brazil that has “deported” more than $ 600 billion of capital is risking losing a significant percentage of its “intelligence.” This trend has been aggravated by the worst of legal insecurities.
Brazilians expected a resumption of economic growth, quality of education and new job opportunities after the last elections.
For that reason, they trusted that there would be a resumption of public morality. Corruption had, by the smallest numbers, sent to the drain (pocket of the corrupt) more than $ 1 trillion reais fruit of the work of Brazilians, apart from its disastrous consequences.
In the absence of these resources, there is no quality water in less developed areas, food for the poor, modern appropriate education and fair employment opportunity.
Now, Brazil’s highest court has confirmed that impunity will continue to exist for the corrupt who have the money to pay good attorneys and have a relationship with the relatives of the ministers who, housed in offices in Brasilia, pass on large sums to husbands as “allowances” or donations.

The fight against violence in Brazil has resulted, more for the support of the public men, idealists like Minister Sérgio Mouro and governors who feel supported in the fight against the crime that happened in the previous governments when the policeman was always the punished one in the fight against the thief.
The law, however, continues to help the bad guys and Congress refuses to modify them.
We still see the absurdity of the husband who defended his wife and children against criminals who broke into his house for the second time, the same night, being arrested and the thug being released to return to rob the same house for the third time, the same night.

In the US, crime has suffered consecutive defeats. In two years, violent crime fell by 4.6%. Thefts dropped to 50,000 during this period and burglary home invasions were reduced to 286,000.
Disbelief leads “intelligence” to seek a safe and proper place to apply what they know and not limit the future of their offspring.
Good for the US that gains financial and intellectual values, bad for Brazil that follows the example of Venezuela that has lost all capacity for economic recovery and welfare for its population.
Carlo Barbieri

ÚLTIMOS ARTIGOS

Apresentação do Evento – Event Presentation – Alphaville

Clique aqui para acessar aos conteúdos da Palestra Click here to access the contents of the Lectures Em portugues English

face linkedin twitter whatsapp

Arquivos das palestras – Evento Shopping Iguatemi Alphaville

Aposente-se em dólar Apresentação da Oxford Exporta São Paulo Como Empreender com Franquia Oxford Realty  

face linkedin twitter whatsapp

Brasil: entre um Supremo espúrio e uma incrível recuperação legal e econômica.

english version below O Brasil tem tido uma recuperação incrível neste primeiro ano sob a nova presidência. Os juros baixaram para 5% aa, a menor taxa em toda sua(...)

face linkedin twitter whatsapp
ArabicChinese (Simplified)Chinese (Traditional)EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish