Os Estados Unidos, é sem dúvida, o país do mundo que mais tem seu desenvolvimento empresarial feito de forma alavancada. O nível de endividamento das empresas, aqui supera os demais países, particularmente se compararmos com o Brasil. Os principais fatores são o custo do dinheiro, a facilidade do crédito, o espírito empreendedor americano, a estrutura jurídica, o apoio ao início dos trabalhos da empresa e o compromisso com o sucesso. O custo do dinheiro é relativamente baixo porque o país adota o princípio do crédito positivo e paga menos que tem bom histórico ou mais garantias.

Seed Capital

Seed Capital (capital semente) é o dinheiro utilizado para começar a desenvolver uma ideia para um negócio ou um novo produto. Esse financiamento geralmente cobre apenas os custos da criação de uma proposta. Depois de garantir financiamento de sementes, as startups podem se aproximar dos capitalistas de risco para obter financiamento adicional. O seed capital pode ser levantado por familiares e amigos, investidores anjo, incubadoras e empresas de capital de risco que se concentram em startups em estágio inicial. Investidores anjo são talvez o tipo mais comum de investidor nesta fase.

Transferência de crédito

Para as empresas que vem de fora e que não tem histórico nos EUA, o mais usual e que tem sido muito utilizado é a transferência de crédito feito por carta “stand by”. Há anos temos utilizado este mecanismo, para empresas brasileiras, que barateia o custo da operação e não tira o giro da empresa no Brasil. A vantagem adicional é que, se estruturada adequadamente, só tem custo pelo valor efetivamente utilizado.

Capitalização Via Investidores ou Crowdfunding

Crowdfunding é o processo de captação de dinheiro de um grande número de pessoas para financiar um projeto, uma empresa ou uma causa. Em alguns casos, os financiadores o fazem como uma doação altruísta, enquanto em outros casos, recebem recompensas, patrimônio na empresa que levantou o dinheiro e muito mais.

Estruturação de Custos

Uma estrutura de custos significa os tipos e proporções relativas de custos fixos e variáveis incorridos pelo negócio. O conceito pode ser explicado em unidades menores, como subproduto, atendimento, cliente, linha de produtos, divisão ou região geográfica.

A estrutura de custos é empregada como um meio de fixar preços se você estiver usando uma estratégia de preços baseada em custos. Também retrata áreas em que os custos podem ser reduzidos ou pelo menos ter melhor controle.

Estruturação de Receitas

Uma estrutura de receita é um modelo de receita de uma indústria, organização, modelo de negócio ou unidade de negócios. É usado para planejar estratégias e comunicar os fluxos de receita de um negócio ou investimento. Uma estrutura de receita inclui grandes categorias de receita visualizada para representar seus tamanhos relativos. Taxas de assinatura (por exemplo, taxas mensais para Netflix)

Alugar, alugar ou emprestar ativos.

Licenciamento de conteúdo para terceiros.

Taxas de corretagem.

Taxas de publicidade.

Nos empréstimos para a criação ou desenvolvimento empresarial, há uma fartura enorme de oportunidades.

Créditos para Garantia Federal

No mercado local, depende muito do objetivo do empréstimo, do tempo de existência da empresa, das garantias da empresa ou de seu proprietário.

O SBA tem dado garantia federal de até 85% dos empréstimos para empresas dependendo do projeto de aplicação, o que baixa o custo do empréstimo e não onera o crédito do proprietário ou da empresa em si.

Abrir Whatsapp
Precisa de ajuda?
Olá,
Como posso ajudá-lo?