Aumentou o número de empresas brasileiras que estão em busca das vantagens tributárias dos Estados Unidos e principalmente as oportunidades que o mercado americano dá as empresas que lá se instalam. Sob uma forte política tributária desenhada pelo Presidente Donald Trump, empresários do Brasil estão cada vez mais em busca da solidez do mercado americano para ancorar seus negócios.

Para apresentar as razões para esta alta, consultores renomados americanos estarão na Associação Comercial de São Paulo, no dia 11 de setembro, das 14h às 16h para explicar gratuitamente o cenário e os procedimentos para internacionalização de empresas para os EUA.

Um dos conferencistas será o Economista e Consultor, Carlo Barbieri, que atua no mercado americano há mais de 30 anos. Segundo ele, a mudança da matriz de uma empresa para outro pais demanda tempo e planejamento. O consultor explica que as empresas americanas começaram a trazer de volta as matrizes que foram transferidas e que as brasileiras estão em processo e mantendo as decisões confidencias para evitar problemas com o governo brasileiro, fisco e imprensa.

“A grande atração está da mudança do critério dos impostos nos EUA, que deixaram de ser “worldwide” (base mundial) da receita e passaram a ser territorial, ou seja, as empresas só pagam impostos sobre o lucros auferidos nos EUA. Os lucros de outros países quando repatriados são colocados na rubrica de lucros não sujeitos a impostos”, explica Carlo Barbieri ponderando que em termos práticos as empresas tem usado, atualmente, os EUA nas mesmas bases e vantagens que tem quando instalam-se com a sede em países chamados “paraísos fiscais” nos quais não são pagos impostos sobre lucros de operações feitas fora do seu território.

Esta nova vantagem se soma às anteriores, ou seja, ser um PIB de mais de $20 trilhões, ter cerca de 2.000 incentivos as empresas que as se instalam no país, ter tido um crescimento de 4,2% no PIB do último trimestre, além da estabilidade jurídica e institucional.

TEMAS QUE SERÃO ABORDADOS NA CONFERÊNCIA

-Por que internacionalizar empresas? Formas e opções de internacionalização;

-Por que o momento é propício para esta internacionalização?;

-Aspectos legais, operacionais e tributários;

-Valor agregado, Mercado;

-Como evitar que projetos brasileiros falhem na América;

-Como estar presente no mercado americano com baixo investimento;

-Transferencia de recursos e de créditos;

– Como efetuar transferências de recursos para o exterior – a título de investimentos – com segurança regulatória;

-Segurança. Diversificação e Lucro;

-Por que os EUA tem se tornado a melhor opção para Internacionalização;

-Quais passos seguir para abrir sua empresa nos Estados Unidos;

-Ainda há espaço para produtos brasileiros nos Estados Unidos. Perspectivas de retorno (ROI)

-Quais os aspectos legais e tributários relacionados ao processo de internacionalização, especificamente na esfera cambial?;

Com quase 30 anos de experiência nos Estados Unidos, Carlo Barbiei é Presidente do Grupo Oxford USA. Consultor, jornalista, analista político, palestrante e educador. Membro fundador e primeiro presidente do Brazilian Business Group, membro fundador e presidente do Brazil Club e membro do conselho da Deerfield Chamber of Commerce. Formado em Economia e Direito com mais de 60 cursos de especialização no Brasil e no exterior. Cursos estes realizados em diversas Instituições, como: Fundação Getúlio Vargas, Universidade Federal de Brasília, Universidade Mackenzie, Sorbonne, University of Chicago Harvard e Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Abrir Whatsapp
Precisa de ajuda?
Olá,
Como posso ajudá-lo?