A necessidade de isolamento tem moldado o comportamento dos compradores de imóveis nos Estados Unidos. A pandemia tem estimulado a busca por casas maiores, com áreas ao ar livre e com suítes, afirma a consultoria americana Oxford Group.

Com a pandemia do coronavírus a tendência para compra de imóveis maiores já é uma realidade. A consultoria americana Oxford Group, sediada na Florida, com ampla experiência no mercado americano detectou aumento da procura por imóveis maiores durante a pandemia. Para falar sobre esse mercado e operações estruturadas, combinando a segurança dos imóveis com a rentabilidade do mercado financeiro, a empresa estará oferecendo o conteúdo no evento do próximo dia 23 de julho, as . Webinar gratuito para brasileiros interessados em investir nos EUA, aumentando seu patrimônio em dólar,  em evento organizado pela Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facespe), com o apoio da INVESTSP.

Para o economista, Carlo Barbieri, que preside a Oxford Group e atua nos EUA há mais de 30 anos o momento é de oportunidade para se investir em imóveis sobretudo no estado da Flórida.” A Flórida é um dos estados americanos mais atraentes a turistas. A retomada da atividade econômica no estado com a reabertura dos parques da Disney e Universal Studios está em franco movimento ascendente. É a hora perfeita para quem deseja comprar imóveis e garantir renda em dólar”. “Não se trata de desinvestir no Brasil e sim aumentar a segurança das empresas e empresários, com sua segurança feita em dólar. Há também casos de investimentos feitos e que, com a variação do dólar, frente o real, vale a pena vender ou refinanciar seu imóvel para capitalizar sua empresa ou negócios no Brasil.

O economista avalia que a pandemia e a necessidade de isolamento têm alterado a comportamento das pessoas. Para ele, as pessoas procurarão espaços para permanecerem isoladas sem deixar de aproveitar o período de férias. “Tradicionalmente, a Flórida tem imóveis grandes e espaçosos que deverão atrair grande parte dos turistas que não querem se expor em ambientes coletivos. A mariola dos imóveis conta com suítes, piscina privativa, área externa ampla e arejada que já estão fazendo sucesso entre aqueles que enxergam na crise uma oportunidade,” afirma Barbieri.

Antes da pandemia do novo coronavírus o famoso e gigantesco mercado imobiliário na Flórida estava em fase positiva de transformação. Levantando da National Association of Realtors mostrou que antes da pandemia houve um aumento da compra de casas no estado da Flórida. Segundo levantamento da organização, em 2019, o mercado imobiliário registrou um acréscimo de 24% de novos compradores.

Ainda segundo a Miami Association of Realtors Commercial and the National Association of Realtors (NAR), há dois anos os brasileiros foram responsáveis por 12% de do total de compras em imóveis na região do sul da Flórida.

Webinar Gratuito

Nesta quinta, 23, às 17 horas o economista Carlo Barbieri ministrará um webinário gratuito para investidores brasileiros interessados em aumentar seu patrimônio e fortalecer sua empresa, com investimentos em dólar, numa segura combinação entre operações financeiras e aquisição de imóveis. O evento é promovido pela Federação das Associações Comerciais de SP (Facesp), tem apoio do Governo do Estado de São Paulo e da organização InvestSP com o conteúdo oferecido polo Grupo Oxford. Outros quatro encontros virtuais estão previstos para ocorrer todas as quintas-feiras sempre às 17 horas (horário de Brasília) com temáticas ligadas a investimentos nos Estados Unidos.

Além do economista Carlo Barbieri, também participarão do webinário o vice-presidente executivo da Federação das Associações Comerciais de SP (Facesp), Farid Murad, e o vice-presidente executivo da InvestSP, Torquato Jardim.

Serviço

Webinário de investimentos nos Estados Unidos

Tema: ” Mercado Imobiliário/ investimentos financeiros nos EUA”

Data: De 23 de julho a 20 de agosto de 2020

Horário: 17 horas (Horário de Brasília)

Evento Gratuito

Inscrições clique aqui

Abrir Whatsapp
Precisa de ajuda?
Olá,
Como posso ajudá-lo?